logo1

A Pastoral de Surdos da Matriz de Campinas começou bem tímida e sem muita pretensão. Lucivânia Chaveiro Honostório aprendeu Libras em 2004 e, posteriormente,  começou uma relação de amizade com os surdos na Escola em que trabalhava e convidou-os para participarem da novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro às  terças-feiras, no horário das 14h.
 
Pouco tempo depois, aos domingos, iniciou um processo de interpretação da missa, no horário das 19h30. Foi então que um  pequeno grupo de 4 surdos manifestou o desejo de receberem os sacramentos do batismo, confissão, eucaristia e crisma. Ir. Eudéia, na época coordenadora da  Catequese, convidou Lucivania para interpretar os encontros. Com a chegada de mais surdos, estes propuseram a criação do Curso de LIBRAS para a comunidade, com o objetivo de transformarem este trabalho com os Surdos em uma pastoral.

O projeto da pastoral foi apresentado ao Pe. Walmir Garcia, que prontamente o acolheu, lembrando  que era necessário planejamento, organização, envolvimento e projetos bem preparados, para que o trabalho pudesse ser realizado com simplicidade e alegria e  especialmente atitudes de acolhida e respeito diante da pessoa surda. Sendo a Pastoral dos Surdos qualquer decisão teria que ser partilhada em comum acordo com estes, pois são quem sabem o que é melhor para um bom desempenho da Pastoral. Como fruto dessa dedicação, no dia 06 de março do ano de 2009, a  pastoral foi instituída oficialmente.

Como a língua do surdo é gestual-visual, os conteúdos da formação da fé são repassados de forma dinâmica e adequados na  cultura dos surdos, utilizando recursos tais como: figuras, filmes, data-show, notebook, encenações de passagens bíblicas, dinâmica de grupos e outras  criatividades que ajudam os surdos a compreender as verdades de nossa fé No decorrer deste tempo as pessoas envolvidas, surdos e ouvintes, atuam  voluntariamente no acompanhamento, na formação do curso de Libras para a comunidade e surdos, em trabalhos de estreitamento de laços com familiares de  surdos, na catequese, em curso de dança, batismo, noivos e no trabalho de interpretação das missas e também na participação de encontros de surdos católicos na região e outros.

Hoje a Pastoral dos Surdos conta com cerca de 30 membros, entre surdos e ouvintes. Bia Reis, membro do grupo nos conta que, “participar da  Pastoral do Surdo tem sido uma experiência maravilhosa... não é só vestir uma camisa..., não é ser surdo, ouvinte, mas se sentir um filho muito amado por Deus,  independente de nossas diferenças: surdos, cegos, coxos, pobres, ricos, todos somos um em Deus e no silêncio de nossas mãos, como no silêncio de Maria, podemos conhecer um pouquinho mais de Deus e tentar fazer a diferença neste mundo.”

A Pastoral dos Surdos está presente com intérpretes na missa das 10 h no domingo, nas Novenas Perpétuas às terças-feiras às 14h, 15h e 16h e na Catequese Especial para os surdos, no domingo às 08h30. Além disso, a Pastoral dos Surdos oferece todos os semestres, aqui em nossa Paróquia, o curso básico de  LIBRAS. Todos aqueles que desejarem fazer parte dessa família bastam entrar em contato com algum membro. A Pastoral está de braços abertos para receber  novos membros

@Todos os direitos reservados - Matriz de Campinas 2017